4º dia do Santos Film Fest é regado a muito filmes, atividades culturais e rock n´roll

O quarto dia no 5º Santos Film Fest começou com uma novidade: a inclusão de uma mostra competitiva com filmes relacionados à música de resistência, a “Hoje é Dia de Rock, Bebê”. Disponíveis até o dia 06 de outubro no serviço de streaming videocamp, o espectador poderá escolher entre 3 produções: o documentário argentino “A Canção do Tempo”, de Mana García, o documentário “A Plebe é Rude”, de Diego da Costa e Hiro Ishikawa e a comédia, “Os Caubóis do Apocalipse”, de Diego da Costa.
O bate-papo com realizadores começou com a presença de Vania Ferreira, diretora-executiva do documentário esportivo “Lisergia Clássica” ( Mostra Humanidades). “… O nosso filme traz história, traz storytelling, traz entretenimento e esse que era nosso objetivo. A gente deixar esse legado histórico, que nunca tinha sido contado antes da chegada do surf no Brasil, as dificuldades que todo mundo teve, os preconceitos…”, explicou Vania sobre a importância do projeto.
Luana Marques que participa da Oficina Jovem do Querô falou sobre seu primeiro trabalho na direção, o documentário “Jeitinho Brasileiro” (Mostra Humanidades): “O documentário nasceu da ideia de querer falar sobre as corruções do dia-a-dia dos quais, às vezes, passam despercebidas pela gente…”
Davi Mello, diretor de “As Viajantes” (Mostra Competitiva de Curtas) fala sobre o processo de criação de seu curta: “gosto muito de trabalhar com cinema de gênero, no caso, “As Viajantes” é um filme que trabalha não só com o horror, mas também com a ficção científica que são alguns elementos dessa atmosfera “horrorífica” que eu gosto bastante, também, de utilizar nos meus trabalhos”
Participando da mostra competitiva de longas-metragens, o documentário “Nós, que Ficamos”, surgiu de uma observação: “… o mote era a gente entender a questão do não migrante. Se fala muito da questão do migrante, do nordestino que fugiu da seca que vai pro Sudeste ou vai pra Recife, mesmo e a gente sempre ficou intrigado sobre as pessoas que resolveram não ir, os que ficam”, explicou o diretor e roteirista, Eduardo Monteiro durante o bate-papo com realizadores.
Pablo Lopes Guelli, diretor do documentário “Nossa Bandeira Jamais Será Vermelha” (Mostra Competitiva de Longa-Metragem) explica o que o motivou a fazer o filme e como usou sua experiência como jornalista no projeto: “… Ele (o filme) começou, na verdade, em 2008…. No começo ele era um projeto, uma ideia… Essa ideia foi sendo desenvolvida… A partir de 2013, quando começaram as manifestações eu percebi que era hora de transformar aquele projeto em algo solido. Dá até para dizer que o filme começou mesmo, na prática, em 2013… O filme vai abordar a concentração de mídia no Brasil. Porque em 2013 quando houve as manifestações, as manifestações de rua no País e eu como jornalista e tendo morado muito tempo fora comecei a observar o comportamento da imprensa brasileira e a forma como ela cobria aqueles eventos”.
Depois do bate-papo com os realizadores, aconteceu a 2ª parte do workshop “Introdução a Trilha Musical e Sonora em Casa”, com o músico e produtor musical, Jota Amaral.
Nas exibições dos filmes de retrospectiva, destaque para 4 documentários de Angela Zoé”: “Meu Nome é Jacque”, “Betinho – A Esperança Equilibrista”, “Ele era Assim: Ary Barroso” e “Henfil”. Além de 2 longas-metragens dirigidos por Paulo Betti: “A Fera na Selva” e “Cafundó”.
Nos filmes em competição, reprises de “Hotel Mundial”, de Jaleo Barbosa e “InVisíveis – Pedal Cidadão & Outras Histórias”, de Léo Miguel e a exibição de “Nós, Que Ficamos”, de Eduardo Monteiro e de “Nossa Bandeiras Jamais Será Vermelha”, de Pablo Lopes Guelli (as quatro produções concorrem na Mostra Competitiva de Longas).
E o quarto dia do Santos Film Fest ainda contou com uma apresentação musical com o trabalho autoral do maestro, Mario Tirolli.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: