3º dia do Santos Film Fest 2020 segue com bate-papos, mostras competitivas, retrospectivas e apresentações musicais

O 3º dia do Santos Film Fest começou com um bate-papo com realizadores (no caso, com os cineastas Jarleo Barbosa de “Hotel Mundial” e Léo Miguel de “InVisíveis – Pedal Cidadão & Outras Histórias”) e seguiu com o workshop “Introdução à Trilha Musical e Sonora em Casa”, com Mario Tirolli e Jota Amaral. Na área de música, aconteceu, também, uma apresentação musical de Rogério Baraquet.


Os filmes exibidos foram: “Betinho – Esperança Equilibrista”, “Ele Era Assim: Ary Barroso” e “Henfil” (dentro da retrospectiva à cineasta, Angela Zoé), “A Fera na Selva” (na retrospectiva em homenagem à Paulo Bettti), “Hotel Mundial”, de Jarleo Barbosa e o documentário “InVisíveis – Pedal Cidadão & Outras Histórias” de Léo Miguel (ambos na mostra competitiva de longa-metragem), além das reexibições de “Eletronicamentes”, de Dácio Pinheiro, Denis Giacobelis e Paulo Beto (mostra competitiva de longas) e de “Lamarca”, de Sérgio Rezende (retrospectiva a Paulo Betti).


“Como Vivem os Bravos”, de Daniell Abrew (mostra competitiva de longas) também foi exibido e terá uma nova sessão no domingo (04/10) às 21:00 (devido aos problemas técnicos que teve na 4ª feira).
Os filmes do 5º Santos Film Fest podem ser conferidos até o dia 06/10 no serviço de streaming videocamp.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: